O bacalhau islandês

O melhor bacalhau do mundo é pescado em águas frias, por isso é que o bacalhau mais valorizado vem da Islândia, que possui a zona de pesca de água mais pura e límpida. O Atlântico Norte tem características ideais para a pesca do bacalhau. A estas características juntam-se o cuidado com os recursos marinhos, a experiência e as técnicas avançadas de captura dos pescadores islandeses. O resultado é um bacalhau de máxima qualidade.


A espécie de bacalhau mais valorizada em todo o mundo é a GADUS MORHUA. Um peixe 100% selvagem, reconhecido como o bacalhau com maior qualidade, quer pelo seu sabor, quer pelas suas propriedades nutricionais. A espécie GADUS MORHUA é facilmente identificada pela linha reta de cor clara que atravessa o corpo da cabeça à cauda.


Na Islândia, o bacalhau é capturado a uma profundidade de 100 a 150 metros, onde a temperatura do oceano ronda os 4 a 7ºC. São as condições ideais para garantir a qualidade do bacalhau.  Ainda a bordo, os pescadores garantem as condições para manter todas as qualidades do bacalhau intactas. A pesca responsável do bacalhau é regulada por critérios que garantem a sustentabilidade. Os pescadores islandeses respeitam o repouso biológico e não pescam bacalhau durante a época de reprodução. Além disso, o peso mínimo de cada espécime deve exceder os 3 kg.

bacalao fresco

Valores nutricionais

receta bacalao

O bacalhau de cura tradicional ou congelado demolhado, quando cozinhado, tem um teor de energia semelhante ao do peixe fresco cozinhado. É uma ótima fonte de proteína, com baixo teor de gordura e rico em óleos ómega.

 

Fornece proteínas de boa qualidade, importantes para aumentar e manter a massa muscular. É fonte de ácidos gordos ómega 3 importantes para o coração e contribui para manter níveis normais de colesterol no sangue. Além disso, é fonte de fósforo e vitamina D, que ajudam a manter ossos e dentes fortes, contribuindo para a fixação do cálcio. O alto teor de vitamina B12, importante para o sistema nervoso, ajuda a reduzir a fadiga e o cansaço e participa na divisão celular. A vitamina B12 e o selénio são importantes para o sistema imunitário e para a formação de glóbulos vermelhos.

 

Além de ser um peixe com excelentes propriedades nutricionais, é muito fácil incluir o Bacalhau da Islândia em qualquer refeição. Uma alimentação equilibrada deve incluir o consumo de três ou quatro porções de peixe por semana e o bacalhau, graças às inúmeras receitas na gastronomia portuguesa, é um excelente aliado para atingir este objectivo. No processo de cura, o bacalhau adquire um elevado teor de sódio, e por isso é tão importante a demolha – mas é de salientar que o bacalhau fresco é indicado para dietas com baixo teor de sal e alimentação infantil, dado que apenas contém o sódio que fornece naturalmente.

Pesca responsável

A pesca faz parte do ADN da Islândia. Os pescadores islandeses são líderes em técnicas de pesca e métodos de processamento do peixe. O Bacalhau da Islândia é pescado num ecossistema protegido para garantir a pureza das águas. É capturado a grande profundidade e os pescadores começam a cuidar do peixe ainda a bordo para manter todas as suas qualidades intactas. A pesca de bacalhau é regulada por critérios que garantem a sua sustentabilidade: repouso biológico; interdição de pesca na época de reprodução e todo o bacalhau pescado deve ter mais de 3 kg.

 

Consumir Bacalhau da Islândia é muito mais do que saborear um bom peixe. É levar à boca um pedaço da Islândia, do seu povo, dos seus sabores, da sua história e das suas tradições. Porque para produzir bacalhau de qualidade é precisa uma aldeia inteira.

bacalao de islandia logo
islandia pesca de bacalao